Agro Amazônia

Notícias

AgriHub Space e as startups de tecnologia voltadas ao Agro

06/02/2020

“Hub” é o primeiro de inovação aberta em Mato Grosso com foco no desenvolvimento de novas ferramentas para o campo

Conectado ao campo e servindo de suporte para o desenvolvimento de novas tecnologias para o setor. É com essa missão que nasce o AgriHub Space, um local que vai abrigar os ecossistemas agrícola e de inovação com foco em soluções para os principais obstáculos enfrentados pelos produtores rurais.

O espaço vai ser a casa de 15 startups, que ainda estão em fase de seleção. Durante 9 meses, as escolhidas receberão apoio para crescerem, se conectarem por meio de projetos pilotos e colocarem em prática tecnologias para validação no campo. O suporte também virá de empresas parceiras, que apostaram na ideia em busca de novas ferramentas. Em comum, o incentivo ao desenvolvimento de novas tecnologias que possam melhorar o dia a dia nas fazendas e a rentabilidade de agricultores e pecuaristas.

Para Magnus Arantes, sócio-proprietário da LM Ventures – uma das responsáveis pelo AgriHub Space – a conectividade será apenas um dos problemas do campo que devem estar na lista de demandas para as startups que estarão no projeto. “Conectividade é um dos ítens que nós vamos trabalhar, a gente sabe que ela é falha e precisa ser desenvolvida. Existem tecnologias diferentes que podem facilitar essa conectividade, mas tem também outros ítens como previsão climática, ineficiência profissional que também são tão importantes quanto a conectividade. Então, estamos trabalhando todos os macro-problemas e tentando endereçar. A gente não tem uma varinha mágica, não consegue resolver tudo de uma vez. Mas a gente sabe que passo a passo a gente vai melhorando e vai conseguindo tirar e conectar as coisas e fazer as coisas acontecerem”, afirma.

A Agro Amazônia foi a primeira empresa a se juntar ao Agrihub Space e estamos buscando junto com a Sumitomo Corporation, ferramentas para que a possamos contribuir para o sucesso dos negócios do agricultor e pecuarista da nossa área de atuação. Nós queremos ajudar o produtor rural a reduzir o custo de produção, aumentar a produtividade, melhorar a gestão do negócio e com isso ter mais rentabilidade, sem deixar de proteger o meio ambiente, diz Roberto Motta, CEO/Presidente da Agro Amazônia.

 

Fonte: Canal Rural